AMP é a sigla para Accelerated Mobile Pages (páginas aceleradas para dispositivos móveis, em português), que são páginas de sites otimizadas para um carregamento simplificado e quase instantâneo quando acessadas via dispositivos móveis.

O projeto é uma iniciativa em código aberto de grandes editores de conteúdo e empresas de tecnologia, com o objetivo de melhorar todo o ecossistema de conteúdo para dispositivos móveis.

Basicamente, uma página AMP possui uma arquitetura que prioriza a velocidade de carregamento da página. Essa arquitetura é dividida em 3 configurações diferentes:

AMP HTML: um código HTML diferente, com restrições e extensões, indo além do HTML básico. A maioria da suas tags são normais de HTML, mas algumas são substituídas por tags específicas do AMP;
AMP JS: responsável por assegurar a renderização rápida de páginas AMP. Sua principal função é tornar assíncrono tudo o que é externo, para que nenhum elemento da página possa bloquear a renderização de outro;
Google AMP Cache: é opcional, mas armazena todas as páginas em AMP HTML em cache nos servidores do Google e melhora o seu desempenho automaticamente. Outras empresas também podem desenvolver seu próprio cache de AMP.

https://validator.ampproject.org/#url=jar.io