Pranayamas respirações da yoga na prática comum

As técnicas de respirações da yoga são chamadas de Pranayamas. Prana (energia) e yama (controle), pranayamas são técnicas de domínio da vitalidade. Aqui exponho as comuns usadas numa atividade coletiva com variados níveis de praticantes. As mais avançadas são ensinadas para os praticantes adiantados frequentes nas aulas.

A mais praticadas em todas nossas aulas comuns, são estas a seguir:

  1. Respiração de Fole. Dificuldade fácil. Respiração cadenciada usando o diafragma imitando o fole.

  2. Crânio brilhante. Dificuldade média. Respiração rápida. Respiração bem violenta e rápida, causando uma sensação de tontura.

  3. Respiração da garganta (Ujjayi - pronuncia Udjaí). Com a ponta da língua fixa atrás na boca. Inspira-se fazendo o ar passar com barulho, faz-se no compasso cadenciado, o ruído parece as ondas do mar.

  4. Respiração da língua (Sitali). Dificuldade fácil. Com a ponta da lingua para fora da boca, convexa como um tubo, inspira pela boca fazendo o ar passando pela língua e expira pelas narinas.

  5. Respiração completa. Dificuldade depende do nível do praticante. Respiração no compasso, contando o tempo das quatro fases.

  6. Respiração polarizada. Dificuldade média. Inspira e expira por apenas uma narina, deixando a outra fechada. FASE 1 - Inicia a inspiração com a narina esquerda, mantém pulmões cheios, esvazia pela mesma narina - 5 a 10 vezes. FASE 2 - Inspira no mesmo compasso da fase 1 com as duas narinas simultaneamente, 5 a 10 vezes. FASE 3 Inicia a respiração coma narina direita, retendo os pulmões cheios, expira com a direita. Finaliza respirando com as duas narinas ao mesmo tempo. Pode ser feita de outras maneiras como por exemplo, inspira e experina por uma narina com retenções, troca para outra narina ao final, após um ciclo de 10 vezes alternado, respira com as duas narinas simultaneamente.

  7. Respiração alternada. Dificuldade média. Respiração onde a inspiração e expiração são cruzadas. Inicia-se respirando com a narina esquerda, segura o ar, expira-se com a direita, segura o ar, inspira com a direita, Inspira com a esquerda, segura o ar, inspira com a exquerda. Dica ao inspirar com uma narina, solta o ar com a outra. Faz se as quatro fases: inpiração, retenção cheia, expiração, retenção vazia.

A técnica completa da Teoria prática dos Pranayamas, inclusive da observação do Ciclo Lunar, do magnetismo telúrico e da alternância dos Tattwas, estão na apostila gratuita, disponível para os praticantes frequentes da sarva yoga.

hits yandex